Visitantes online : 899 sábado, 23 de julho de 2016
22/07/2016 16:53
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Depois de terem andado trocando caneladas há alguns meses, Renan Calheiros e Michel Temer acertaram os ponteiros. Tanto assim que Renan ganhou o ministério do Turismo para indicar um apadrinhado. Quando foi votado o afastamento de Dilma a avaliação do círculo próximo de Temer era de que o presidente do Senado estava do lado dela. Recentemente Renan esteve no Palácio da Alvorada conversando com Dilma. Alguns petistas ainda tinham esperança de contar com Renan para dar uma força a Dilma. Agora podem esquecer. Renan está fechadíssimo com Temer.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


22/07/2016 15:15
Reprodução da Folha de S.Paulo
Reprodução da Folha de S.Paulo


Michel Temer conhece o Legislativo como ninguém, uma vantagem sobre Dilma. Por isso está aproveitando o recesso para liberar verba de emendas dos parlamentares e para fazer nomeações encaminhadas pelas bancadas. Com isso espera que na volta do Congresso ao trabalho possa navegar em águas calmas para aprovar as medidas para aquecer a economia e outros projetos considerados prioritários. Temer sabe que a eleição para a presidência da Câmara deixou uma ala descontente. Mas nada que um cargo ou uma liberação de emenda não possa resolver. Dilma, como todos os presidentes, também usou esse recurso. A questão que os políticos se queixam era que o acertado não era cumprido. Temer não cometerá esse erro. E de quebra o "pacote de bondades" reforça votos no Senado pelo impeachment de Dilma.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


22/07/2016 13:49
Reprodução da Época online
Reprodução da Época online


Vejam como o Estado do Rio está entregue a criminosos, sejam traficantes ou milicianos, e essas organizações criminosas é que mandam em várias regiões, como a Zona Oeste do Rio de Janeiro. Há três semanas instalados num conjunto do Minha Casa, Minha Vida, os soldados da Força Nacional de Segurança não podem ter internet porque a milícia que domina a região proíbe operadoras de instalarem modens. A milícia chegou ao ponto de avisar a Força Nacional de Segurança que se quiser internet terá que pagar pelo serviço clandestino, uma espécie de gatonet. E perguntem se a polícia foi na região botar ordem. Claro que não. Quem manda é a milícia. Os soldados da Força Nacional de Segurança estão assustados com tudo o que estão vendo. É uma vergonha olímpica.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


22/07/2016 12:35
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Mais um desgaste desnecessário para o presidente Michel Temer. O Palácio do Planalto anunciou a escolha do deputado Marx Beltrão (PMDB-AL) como novo ministro do Turismo, indicação de seu conterrâneo Renan Calheiros. Acontece que o deputado é réu em processo no STF. Temer achou que como o processo é por falsidade ideológica a repercussão não seria muito negativa. Errou no cálculo. A reação foi péssima. Agora Temer recua e suspende a nomeação. Renan Calheiros vai ter que indicar outro afilhado para o ministério. Na esfera política Temer está se desgastando para atender os aliados, além, claro, de Eduardo Cunha, que ele não quer ter como inimigo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


22/07/2016 11:17
Comissão do Impeachment no Senado
Comissão do Impeachment no Senado


A cerimônia de abertura da Olimpíada será na próxima sexta-feira, dia 5 de agosto. Mas algumas competições começam no dia anterior, como é o caso do futebol. E a seleção brasileira estreia na quinta, dia 4 de agosto enfrentando a África do Sul. O jogo será às 16 horas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Só que, se prevalecer o calendário aprovado, nesse mesmo dia, a partir de 11 horas, a comissão especial do impeachment vai votar o relatório do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG). Já tem senador pedindo para mudar a data da votação do relatório. Depois, pelo calendário, no dia 9 de agosto o relatório será colocado em votação no plenário, e se for aprovado será marcado o julgamento final a partir do dia 23 de agosto, dois dias depois do encerramento da Olimpíada.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


22/07/2016 10:01
Reprodução da capa do jornal Extra
Reprodução da capa do jornal Extra


Agiu muito bem a Polícia Federal ao prender essa célula de supostos terroristas. Porém, por tudo o que foi revelado pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, o grupo jurou lealdade ao Estado Islâmico, mas não tinha nenhuma ligação direta com terroristas. Eles até queriam ser terroristas, mas não sabiam como. Eles lembram aquele filme antigo de Woody Allen "Um assaltante bem trapalhão". Não tinham nem armas, nem explosivos, nem equipamentos de comunicação, nada que é utilizado por células terroristas. Nem o fuzil que queriam conseguiram comprar no Paraguai. Daí que eu digo que são dez terroristas bem trapalhões. Mas de qualquer forma a Polícia Federal merece parabéns por estar atenta.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


22/07/2016 08:50
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Os advogados de Eduardo Cunha entraram com nova ação na Justiça, agora para liberar sua conta-salário. Alegam que ele está com a sobrevivência comprometida: "a indisponibilidade de verbas alimentares (in casu, bloqueio de conta-salário) enseja comprometimento à sobrevivência da pessoa física e de sua família". Mas e o dinheiro que ainda não foi descoberto no exterior? Alguém aí está comovido com o "comprometimento da sobrevivência" de Eduardo Cunha? Bem, a imprensa tem mostrado que sua mulher continua frequentando shoppings de luxo e restaurantes refinados. Com certeza não está faltando feijão com arroz na sua casa. Mas eu sugiro a Cunha, se a situação está tão difícil, que faça uma vaquinha com seus aliados e ex-aliados que receberam dinheiro dele a fim de se eleger presidente da Câmara.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


21/07/2016 19:26
Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online


Agora Lula tem dois problemas. O primeiro, relativo ao Petrolão, é com Sérgio Moro. Agora foi denunciado na Justiça do Distrito Federal por obstrução da justiça. Ele, seu amigo José Carlos Bumlai (preso), o ex-senador Delcídio Amaral e o banqueiro André Esteves são acusados pelo MPF-DF de tramarem para atrapalhar as investigações da Lava Jato.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


21/07/2016 17:51
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Dizendo que pesquisa contratada apontou que seus eleitores não querem ele candidato à Prefeitura, Romário anunciou oficialmente que está fora da disputa eleitoral. Também deixa o comando do PSB no município e no estado. Segundo a imprensa estaria negociando com candidatos para lhes dar apoio.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [11] | |


21/07/2016 15:08
Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online


Tomara que a Olimpíada funcione bem. Já que vai ter mesmo não vou torcer para dar errado, seria muito ruim para o Rio e o Brasil. É claro que vocês sabem que eu não era a favor da Olimpíada do Rio quando a cidade tem tantos problemas urgentes para resolver. Temia também uma roubalheira em níveis de recorde olímpico. E infelizmente foi o que aconteceu. Mas reparem que com a imprensa internacional já no Rio, as mazelas da Cidade Maravilhosa estão sendo veiculadas mundo afora. E tome de manchetes negativas. Por conta disso muitos turistas estrangeiros já desistiram de vir à Olimpíada. Cabral, Pezão e Paes com promessas mirabolantes e obras capengas ou não concluídas, com problemas na saúde, na segurança, principalmente, além da imundíce na Baía e na Lagoa Rodrigo de Freitas, estão fazendo o Rio passar vergonha. Felizmente as belezas da cidade sempre serão uma atração que nem a incompetência e irresponsabilidade de alguns governantes conseguirá destruir afastar o turismo, mas que sofrerá consequências inevitáveis.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [12] | |


21/07/2016 13:46
Reprodução do G1
Reprodução do G1


Em mais uma tentativa de atrasar seu processo, Eduardo Cunha entrou com um recurso no STF para que as testemunhas de acusação num dos processos que responde na Lava Jato não fossem ouvidas durante o recesso do Judiciário. Queria ganhar mais duas semanas, mas o ministro Ricardo Lewandowski mandou o processo seguir e hoje o doleiro Alberto Yousseff, testemunha de acusação vai ser ouvido por um juiz auxiliar do STF. Cunha, aliás está de mudança. Deixa até o final da semana a residência oficial da presidência da Câmara, com todas as mordomias, e se transfere para um apartamento funcional de deputado, pelo menos até a votação da cassação. Também perdeu direito a usar os aviões da FAB, que requisitou 13 vezes depois que estava afastado gerando um gasto de mais de meio milhão de reais. Tenta agora manter seu esquema de segurança alegando que está sendo ameaçado. Cada dia é pior para Cunha.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [1] | |


21/07/2016 11:44
Eduardo Paes e Pedro Paulo ontem na convenção que lançou a candidatura do PMDB
Eduardo Paes e Pedro Paulo ontem na convenção que lançou a candidatura do PMDB


O prefeito Eduardo Paes foi brindado com abraços e sorrisos de seu "queridinho" Pedro Paulo, ontem na convenção do PMDB que lançou sua candidatura à Prefeitura do Rio. Mas a ternura acabou ali. Todo mundo sabe que Pedro Paulo batia na ex-mulher. Ontem saiu batendo em todo mundo. Atacou Marcelo Crivella, Marcelo Freixo, Alessandro Molon e Jandira Feghali. E a campanha nem começou. Aliás, ontem também foi lançada oficialmente a candidatura de Marcelo Freixo (PSOL). As convenções podem ser realizadas até o dia 5 de agosto. Aliás, Paes e Pedro Paulo negociaram a vaga de vice com o PDT. Queriam as deputadas Cidinha Campos ou Marta Rocha como vice para contrabalançar o caso da agressão à ex-mulher. Mas ambas que sempre tiveram uma atuação em defesa das mulheres disseram um sonoro "não", preferiram não se desgastar com seus eleitorados. Agora fala-se no nome do deputado Bebeto para a chapa do PMDB.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [9] | |


21/07/2016 10:34
Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja


Até o atentado em Nice, na França, na semana passada o terrorismo não era uma preocupação para a grande maioria dos brasileiros, nem para quem vive no Rio de Janeiro, sede da Olimpíada. Mas a ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) divulgou, precipitadamente, um rumor de que um terrorista brasileiro estaria planejando um atentado contra a delegação da França e tudo mudou. As autoridades francesas desmentiram a informação, mas o clima de medo se instalou. Concordo com a avaliação do Palácio do Planalto. Está se criando um clima de pânico que aciona o Esquadrão Anti-Bombas a toda a hora. A Polícia Militar do Rio está distribuindo panfletos para as pessoas chamarem pelo 190 em caso de suspeitarem de alguma mochila, bolsa ou pacote abandonado. Com isso o esquadrão já foi acionado para o Leblon, aeroporto Santos Dumont e para a porta da Cidade da Polícia, no Jacarezinho. É preciso alertar, mas não pode se disseminar o pânico.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


21/07/2016 09:24
Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder


Quando foram presos, o marqueteiro do PT João Santana e sua mulher Mônica Moura, que cuida da parte administrativa, chegaram à Polícia Federal de Curitiba sorridentes. Acharam que entrariam com um pé e sairiam com outro. Mas lá se vão 5 meses. Agora o casal assinou acordo de delação premiada. Santana vai falar das campanhas de Lula (reeleição) e das duas eleições de Dilma. Mas Santana também pode complicar mais petistas. Ele também atuou nas campanhas do prefeito Fernando Haddad (São Paulo), Lindbergh Farias e Marta Suplicy (2008), além de cuidar do marketing do PT. Os petistas torciam que uma bomba da Lava Jato explodisse no Palácio do Planalto e atingisse Michel Temer. Porém a nova bomba explode bem no centro do PT.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


20/07/2016 17:31
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Eduardo Cunha é o símbolo maior do Petrolão e a força-tarefa da Lava Jato sabe o que representaria um acordo de delação premiada em que a punição fosse cumprir pena na sua mansão com piscina na Barra da Tijuca. Já comentamos aqui que, se isso acontecesse, perante a opinião pública se instalaria um sentimento de impunidade, de que o crime compensa. Com perdão do trocadilho, seria um balde de água fria na Lava Jato. Por isso, o máximo que Cunha conseguirá, caso decida aderir à delação premiada, é a redução da pena, mas com uma temporada atrás das grades.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


20/07/2016 16:10
Reprodução da coluna Extra, Extra!; ao lado Jorge Picciani
Reprodução da coluna Extra, Extra!; ao lado Jorge Picciani


É inconcebível em qualquer situação, ainda mais no momento crítico que o Estado do Rio de Janeiro vive, que a ALERJ dê todos os meses R$ 3 mil para gastos de combustível de cada deputado, sem haver necessidade de qualquer comprovação, como acontece na Câmara Federal. Cada um usa como quer. Se quiser usar o cartão de combustível para abastecer o próprio carro particular ou da mulher ou dos filhos, tudo é possível. Se quiser gastar na loja de conveniência de um posto também está tudo bem. É um deboche com a cara do povo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


20/07/2016 15:02
Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder


Para Eduardo Cunha ser cassado são necessários 257 votos dos 513 deputados federais. A estratégia desesperada combinada com os aliados do "centrão" que lhe restam é para os parlamentares não comparecerem à votação. Mas Rodrigo Maia afirmou ontem que se garantir um quorum de 460 deputados presentes coloca a cassação em votação, mesmo com 53 faltosos. Mas para a estratégia de Cunha dar certo mais de 150 deputados teriam que faltar. A esta altura os aliados que seguem firmes com Cunha, e dispostos a se desgastarem por ele não chegam nem perto desse patamar. Cunha está perdido por mais que se recuse aceitar.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


20/07/2016 13:45
Reprodução da Época
Reprodução da Época


O presidente do Comitê Organizador Local, que também preside o Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman vive dizendo, através de sua assessoria, que o COL é uma entidade privada, por isso não tem que abrir a caixa-preta dos gastos. Mas isso é meia verdade. O COL usa recursos privados, mas também dinheiro público, além de só as isenções fiscais para empresas que fecharam contratos com a entidade chegue a R$ 3,8 bilhões. Aliás, a Globo também é beneficiada pelas isenções fiscais por ser a emissora oficial da Olimpíada. Por isso está certíssimo o Ministério Público Federal em entrar na Justiça para obrigar o Comitê Organizador Local a abrir a caixa-preta dos gastos olímpicos. Se a Justiça autorizar vamos descobrir uma verdadeira farra para beneficiar empresários amigos de Nuzman, Eduardo Paes e a turma de negócios do PMDB-RJ, incluindo a Globo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


20/07/2016 12:19
Convenção municipal do PR em 2012; abaixo manchete do G1
Convenção municipal do PR em 2012; abaixo manchete do G1


De hoje até 5 de agosto é o período determinado pela legislação eleitoral para a realização das convenções municipais que vão escolher candidatos e definir alianças. Ontem me reuni com os companheiros do PR - RJ e definimos que o nosso partido lançará candidatos a prefeito em 30 municípios fluminenses. Em outras 20 cidades entraremos com candidatos a vice-prefeito e nos demais 42 municípios vamos apoiar candidatos de outros partidos. O único veto que ficou definido com relação a alianças com o PMDB. Mais adiante falarei dos candidatos e da situação dos municípios. Algumas negociações políticas ainda estão em andamento.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [8] | |


20/07/2016 11:15
Reproduções do Facebook
Reproduções do Facebook


Os dois lados, pró e contra impeachment, estão marcando grandes manifestações para o dia 31 de julho, um domingo, quando faltarão cinco dias para a Olimpíada. No caso específico do Rio de Janeiro as autoridades que cuidam da segurança estão preocupadas. Mas não veja os ânimos tão acirrados como até há pouco tempo. Além disso o julgamento do impeachment só acontecerá a partir do dia 24, após o encerramento da Olimpíada. Naturalmente a imprensa estará toda voltada para o evento esportivo, não "promoverá" as manifestações com farto noticiário nos dias anteriores, como aconteceu em ocasiões anteriores. E nas redes sociais a mobilização é muito menor. Para muitos o impeachment é um fato consumado, e isso vale para os dois lados. Pode ser que me engane, mas as "grandes" manifestações, como chamam os organizadores, não devem passar de atos médios, mas pelo ambiente os pró-impeachment devem reunir bem mais gente que os contrários.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ProximoUltimo

Facebook


Twitter


Vídeos

Busca
Histórico
Links
Todos os Direitos Reservado
Fotos Anthony Garotinho