Visitantes online: 1193
logo topo

terça-feira, 25 de julho de 2017

25/07/2017

09:30

Fala Garotinho - 25 de Julho de 2017

25/07/2017

07:59

Temer está com medo de Eduardo Cunha, que teme a delação de Lúcio Funaro

Reprodução do Radar online, da Veja
Reprodução do Radar online, da Veja

Essa situação das delações me lembra um poema famoso de Carlos Drummond de Andrade que diz: "João amava Teresa que amava Raimundo / que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili /
que não amava ninguém". Michel Temer tem medo de Eduardo Cunha, que tem medo de Lúcio Funaro, e por aí vai. Todos com medo da delação um do outro. E assim segue o Brasil em ritmo de delações. Aliás, curiosamente, esse poema de Drummond chama-se "Quadrilha".

24/07/2017

19:36

Os políticos e a pressão sobre a Lava Jato

Reprodução da Veja
Reprodução da Veja

É claro que Michel Temer e o PMDB querem dar um freio na Lava Jato, afinal sabem o que fizeram e o risco que correm se as investigações forem adiante. Mas não são só eles. A maioria dos políticos e dos partidos quer a mesma coisa. Querem ver uma coisa. Quantos políticos reclamaram dos cortes de orçamento da Polícia Federal ou da diminuição do efetivo da força-tarefa da Lava Jato no Paraná?

Mas não são apenas políticos que jogam contra a Lava Jato. Há interesses poderosos que também pressionam para que as investigações não prossigam, a começar pela Globo e os bancos.

24/07/2017

18:21

Artigo de Garotinho no Jornal do Brasil

Reprodução do JB Digital; ao lado Garotinho
Reprodução do JB Digital; ao lado Garotinho

.

24/07/2017

16:49

Férias do juiz Marcelo Bretas estão chegando ao fim

Juiz Marcelo Bretas
Juiz Marcelo Bretas

O mês de julho está chegando ao fim e junto também as férias do juiz da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas. Ele já avisou que em agosto sairá a sentença no primeiro dos 11 processos que Sérgio Cabral responde no Rio. Em Curitiba, Cabral já foi condenado por Sérgio Moro a 14 anos e dois meses de prisão. Mas muita gente, que sabe que está devendo, está preocupada mesmo é com a próxima etapa da Lava Jato no Rio, que está para acontecer, é possível que seja já na próxima semana. A principal aposta é que a próxima etapa será desdobramento da Operação Ponto Final, que prendeu os cabeças do setor de ônibus do Rio de Janeiro. Por isso tem muito deputado estadual que nem está curtindo as férias, temendo o pior. E não são poucos...

24/07/2017

15:02

Artigo de Garotinho no jornal O Globo

Reprodução do Globo
Reprodução do Globo

.

24/07/2017

13:42

Governo não descarta novo aumento de impostos

Ministro Dyogo Oliveira; abaixo reprodução do Antagonista
Ministro Dyogo Oliveira; abaixo reprodução do Antagonista

A resposta do ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira é sintomática. "No momento" não há intenção de novo aumento de impostos, mas a situação será reavaliada em dois meses. Nas entrelinhas lê-se que o governo não descarta nada e já deve estar fazendo estudos sobre o que pode aumentar. Do jeito que o rombo fiscal se apresenta a tendência, pelo que se conhece da turma de Michel Temer, é partir para novo aumento de impostos. Tudo vai depender se haverá clima político daqui a dois meses. E o principal, se Temer continuará presidente daqui a dois meses. Mas com ele ou com Rodrigo Maia como interino, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles continuará. Logo podemos ir preparando o bolso.

24/07/2017

11:55

Encontro Marcado com Garotinho (Segunda - 24/07/2017)

<

24/07/2017

09:25

Fala Garotinho - 24 de julho de 2017

24/07/2017

07:48

Aécio Neves chega ao fundo do poço

Reprodução do Brasil 247
Reprodução do Brasil 247

Aécio Neves pode até ter salvado seu mandato no Senado com a mão amiga de Michel Temer e do PMDB. Mas sabe que em 2018 pode desistir de tentar se reeleger para o Senado. Terá que se contentar com uma vaga de deputado federal, que lhe garantirá a manutenção do foro especial. Pesquisa feita em Minas Gerais, seu estado, mostrou que se fosse candidato a presidente da República teria o apoio de apenas 1,1% dos seus conterrâneos. E pensar que até estourar o escândalo das gravações de Joesley Batista, Aécio sempre liderou as pesquisas em Minas Gerais. Pode-se dizer que Aécio desintegrou-se.

23/07/2017

15:00

Pezão não sabe de nada

Reprodução do Globo; ao lado Pezão na coletiva desta semana em Brasília
Reprodução do Globo; ao lado Pezão na coletiva desta semana em Brasília

Foi patético ver esta semana o governador Pezão à saída da reunião com o presidente Michel Temer e vários ministros, onde nada de concreto foi acertado sobre a segurança pública, anunciando à imprensa o reforço da Polícia Rodoviária Federal e ser informado pelos repórteres que isso era notícia velha, que os policiais já estavam no Rio. Pezão fez cara de espanto e confessou: "Eu não sabia". Realmente Pezão não sabe de nada. Já repeti diversas vezes aqui no blog que ele desconhece completamente o que acontece no seu governo e no estado. Finge que governa, não quer mais saber de nada. O pior é que nós dependemos das decisões de um governante alheio à realidade, totalmente perdido e sem rumo, e ainda por cima incompetente. Justo na pior crise financeira da história do Rio de Janeiro, quando, mais do que nunca, carecemos de um bom gestor. Como naquele comercial do Compadre Washington: "Sabe nada...". Só não é inocente, muito pelo contrário.

23/07/2017

13:38

Lula e os R$ 9 milhões no fundo de previdência

Que o juiz Sérgio Moro tem demonstrado uma obsessão implacável nos processos que envolvem Lula, isso tem sido motivo de polêmica e também de muitas críticas jurídicas a algumas decisões dele, é a impressão que dá. Sempre questionei as provas, que não vi, no caso do tríplex, onde, para mim, Lula foi condenado com base em indícios. Alguns também questionam o rigor no bloqueio de tudo o que Lula possui. Mas, há uma coisa que é difícil explicar. Como Lula tinha R$ 9 milhões em fundos de previdência? Qual a origem desse dinheiro?

23/07/2017

12:35

Posando de salvador da pátria

Em cima do que escrevi ontem sobre o plano de Rodrigo Maia ser candidato da governador do Rio com o apoio do PMDB há que se registrar que o presidente da Câmara e Michel Temer se acertaram pela mão de Moreira Franco, "sogro" do primeiro e ministro do segundo. Para Maia ficar na dele e proteger Temer foi lhe oferecido que todas as medidas que tiverem relação com o Estado do Rio serão creditadas na sua conta, como se Rodrigo fosse o "salvador da pátria", ou melhor, "salvador do estado". E com o apoio, como revelei ontem, dos cabeças do PMDB fluminense: Pezão, Picciani, Cabral, via filho, e outros, menos Eduardo Paes, que não está gostando do acerto.

22/07/2017

13:31

Rapidinhas do final de semana

Fernando Mac dowell
Fernando Mac dowell

PR desfilia vice-prefeito do Rio

Alguns companheiros do PR têm me perguntado se é verdadeira a informação publicada na coluna Informe do Dia, que o diretório estadual do partido decidiu desfiliar o atual vice-prefeito do Rio, Fernando Mac dowell da sigla. Sim, é verdade e os motivos publicados também são verdadeiros. Mac dowell doi uma escolha pessoal de Crivella para a secretaria de Transportes, e não do partido. E a estrutura que comanda a secretaria continua ocupada pelas mesmas pessoas que integravam o governo de Eduardo Paes. Mantemos nosso apoio ao prefeito Crivella, mas queremos deixar público que o senhor Mac dowell não integra mais os quadros do PR.


Avaliação errada de Rodrigo Maia

Pessoas próximas a Rodrigo Maia afirmam que ele quer disputar o Governo do Estado. Por isso não fará força para tirar Michel Temer da presidência. Ao contrário, ele fará tudo para mantê-lo porque espera contar com a retribuição do PMDB do Rio apoiando sua candidatura ao executivo estadual. Isso é que se chama suicídio planejado. Desejar o apoio de Pezão, Michel Temer, Jorge Picciani e Cabral é tomar chumbinho achando que é vitamina.


Max Lemos manda na Câmara de Queimados

O presidente da Câmara Municipal de Queimados, Milton Campos resolveu trocar o procurador da Câmara, José Américo da Silva, no cargo há 20 anos, por Camila Silva de Barros, que no concurso para procurador ficou 197º lugar entre os candidatos. A boca miúda em Queimados todo mundo fala que a imposição foi do ex-prefeito Max Lemos, longa manus de Picciani e manda-chuva da cidade

Ricardo Teixeira
Ricardo Teixeira


Ricardo Teixeira batendo pênalti

Procurado por um amigo para saber sobre sua estratégia para enfrentar o cerco que está se fechando, Ricardo Teixeira foi sintético: “O que eu vou fazer? Delatar a Globo, só isso”. Se terá coragem ou não aí são outros quinhentos. Se vão querer ouvi-lo a história é outra.


Aécio Neves vem aí

Um advogado que leu a delação premiada do publicitário Marcos Valério por inteiro, afirma categoricamente que vai sobrar para muita gente, mas o principal fuzilado é Aécio Neves. E concluiu: “Não sei se ele (Aécio) aguenta. Vem muito chumbo em cima da Andréa (Neves, irmã do senador)”.


Mui amigo

Um deputado federal muito amigo de Pezão, diz ter ouvido dele a seguinte afirmação em Brasília, quando foi chamado esta semana para uma reunião de emergência com promessas de mais ajuda federal: “Se o dinheiro não sair nas próximas duas semanas vou ficar pelo spa mesmo, não tenho mais nada a dizer a ninguém. Renuncio”. O deputado comentou com outro parlamentar que estava ao lado: “Até que não seria uma má ideia”. Será que o deputado é amigo mesmo?


Rei Arthur
Rei Arthur


O castelo ameaçado

Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, conhecido como Rei Arthur, permanece no Brasil. Indagado sobre permanecer tanto tempo sem voltar a Miami, onde reside há vários anos, ele confidenciou que teme o efeito Jacob Barata e ser preso na hora de embarcar: “Sei lá, podem achar que estou fugindo. Tem gente bem informada afirmando que na próxima semana o “império do rei” vai sofrer forte abalo.


Mal avaliado

Pesquisa de avaliação de governo feita no município de Campos durante esta semana mostra que mais de 80% da população desaprova a gestão do prefeito Rafael Diniz. Os que aprovam são apenas 13%, outros 7% não quiseram opinar. Tamanho é o desgaste do prefeito que corre o risco de haver festa quando for anunciada sua cassação pela Justiça Eleitoral da cidade, o que deve ocorrer nas próximas semanas.


O "pato", símbolo da luta contra o aumento de impostos, de volta ao prédio da FIESP
O "pato", símbolo da luta contra o aumento de impostos, de volta ao prédio da FIESP


A volta do “pato”

A mais fiel aliada de Michel Temer, a FIESP vai protestar contra o aumento da alíquota do PIS e CONFIS, incidente sobre os combustíveis. Além de trazer de volta o “pato” para Avenida Paulista, em frente à sua sede, ficou acertado que os postos de gasolina em todo o Brasil vão colocar faixas pretas nas bombas de gasolina, sinalizando luto pelo aumento de impostos.

22/07/2017

12:20

Conversa franca com Garotinho



22/07/2017

11:52

2017 é mais um ano perdido para a economia

Não sei se vocês lembram, mas no final do ano passado as previsões do governo eram de que terminaríamos o primeiro semestre de 2017 com a economia crescendo, com empregos sendo gerados, enfim, com a crise sendo vista no retrovisor. Bem, já estamos no segundo semestre e nada disso aconteceu. Para um país que tem mais de 14 milhões de desempregados, segundo o IBGE, porque na realidade esse número passa de 20 milhões, em todo o primeiro semestre o saldo de empregos foi de 59 mil novos empregos. Mas nem isso dá para comemorar. Quase todos foram criados na agropecuária por conta da boa safra. No comércio, na construção civil e na indústria de transformação as demissões continuam acima das admissões. Logo essa história de geração de empregos é mais uma lorota do Palácio do Planalto.

E com a crise política e Michel Temer na base do "balança, mas não cai" aumentou ainda mais a incerteza e falta de confiança de empresários e investidores. 2017 está perdido. E se Temer conseguir se arrastar até o final do ano a situação vai piorar ainda mais.

PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 ProximoUltimo