Blog do Garotinho
Visitantes online : 841 segunda-feira, 24 de novembro de 2014
23/11/2014 13:57
Reprodução de O Dia online
Reprodução de O Dia online


O novo presidente da AGETRANSP (Agência Estadual de Transportes) garante que vai agir com rigor com o Metrô Rio, Supervia e CCR Barcas. Só que ninguém acredita. Ele antes de ser nomeado para cargo por Cabral era diretor de Relações Institucionais do Metrô Rio, justamente a concessionária que agora fiscaliza. Mastrangelo foi indicado por Adriana Ancelmo, mulher de Cabral, cujo escritório de advocacia defende o Metrô Rio. Aliás, outros dois conselheiros nomeados por Cabral são os ex-chefes de gabinete de Regis Fichtner e arrecadador do PMDB, e do presidente da ALERJ, P.M. Dá para acreditar em fiscalização séria?

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


23/11/2014 12:38
Dornelles e Pezão; Cabral e Eduardo Cunha; Picciani, Eduardo Paes e Pedro Paulo
Dornelles e Pezão; Cabral e Eduardo Cunha; Picciani, Eduardo Paes e Pedro Paulo


Mais do que o depoimento do "operador" Fernando Baiano, o pessoal do PMDB - RJ treme é por causa da investigação que a PF e o MPF estão fazendo das doações ocultas que empreiteiras fizeram a candidatos na eleição deste ano. E vários executivos estão falando.

Um político ligado a Pezão, mas que não está no esquema do Petrolão dá pistas do maior medo da turma do PMDB - RJ. Segundo ele as investigações do Petrolão vão pegar gente graúda peemedebista, mas se resolverem investigar o elo entre as empreiteiras com obras como a reforma do Maracanã, Porto Maravilha, Transcarioca, Transoeste e Arco Metropolitano e as doações ocultas da campanha, não sobre ninguém no comando do Estado e na Prefeitura do Rio.
 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


23/11/2014 10:12
Reprodução do Informe do Dia
Reprodução do Informe do Dia


Como se não bastassem as verbas milionárias de publicidade que Paes dá às Organizações Globo ainda tem mais uma fortuna dada à família Marinho, via Fundação Roberto Marinho. Mais de R$ 112 milhões sem licitação, sendo R$ 21 milhões desviados do orçamento da secretaria de Educação. No Estado posso lhes assegurar que a Fundação Roberto Marinho já recebeu mais de R$ 200 milhões. É o preço da blindagem. Vergonha!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


22/11/2014 12:28
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


E de repente no feriadão, num dos paraísos turísticos do nosso estado, Búzios, traficantes trocam tiros na famosa praia da Ferradura. Infelizmente o nosso estado está perdendo turistas porque a violência do tráfico se espalhou para as regiões Serrana e dos Lagos. E nem começou o verão...

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


22/11/2014 10:15
Reproduções dos jornais O Globo e Extra
Reproduções dos jornais O Globo e Extra


Quanta hipocrisia!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


22/11/2014 08:46
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


O caso já pode ser julgado na segunda-feira. No caso de uma cassação de Pezão quem assumiria seria o senador Marcelo Crivella. Claro, qualquer que seja a decisão do TRE há a possibilidade de recurso ao TSE.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


21/11/2014 15:10
Reproduções do Globo online e da Veja online
Reproduções do Globo online e da Veja online


Amanhã o Globo vai fazer algum editorial ou cobrar mudanças na política de pacificação. Só descobriram hoje que a pacificação é uma farsa? O caso dos dois policiais militares baleados no Alemão foi tratado no RJ TV como corriqueiro. Mas durante a tarde os jornalistas do Globo quase foram vítimas. Isso para eles muda tudo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [0] | |


21/11/2014 13:08
Reprodução da coluna Panorama Político, do Globo
Reprodução da coluna Panorama Político, do Globo


Vamos traduzir o que é "apoio crítico". Os petistas sabem que não podem forçar Pezão a lhes dar uma secretaria, afinal foram adversários e o governador tem muitos aliados para atender. Por isso os deputados do PT se contentam com alguns cargos para seus cabos eleitorais e apadrinhados.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


21/11/2014 11:19
Reprodução do jornal O Dia
Reprodução do jornal O Dia


Cabral não tem qualquer afinidade com a área de saúde, nem nenhum dos políticos próximos a ele. Por que tanto interesse em nomear o secretário de Saúde de Pezão? Ora, elementar meus caros. A secretaria de Saúde foi o segundo maior foco de corrupção do governo Cabral - Pezão, só perdeu para as obras. Agora, como todos sabem a área de obras envolve empreiteiras, que estão debaixo dos holofotes e na mira da PF e do MPF. Logo Cabral quer garantir os "negócios" numa área que no momento não é tão visada.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


21/11/2014 10:02
Reprodução do Informe do Dia
Reprodução do Informe do Dia


O mais estranho é que invadiram justamente o departamento onde ficam processos sobre dívidas de ICMS. E o que deixa o caso mais obscuro é por que esconderam a invasão durante toda a semana (ocorreu no final de semana passado). Para piorar a Secretaria Estadual de Fazenda não informa se algum processo foi roubado. Por que tanto mistério? Será que algum processo de grande devedor sumiu na invasão?

Me recordo um episódio no final do governo Chagas Freitas, no início dos anos 1980, quando houve um incêndio criminoso no prédio da secretaria de Fazenda, que destruiu todos os processos.

Provavelmente a investigação dessa invasão vai ter o mesmo fim da apuração do roubo da coleção de joias de Pezão, levadas de seu apartamento no Leblon. Não vai dar em nada.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


21/11/2014 09:17
PF vai ouvir Fernando Baiano hoje
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Tomem o exemplo do doleiro Alberto Yousseff e vocês vão entender porque os políticos estão em pânico. Segundo o advogado do doleiro, ele poderia pegar uma pena de 300 anos de cadeia se não tivesse negociado a delação premiada. Com o acordo judicial Yousseff pode - pelo menos essa é a esperança de seu advogado - ser condenado a uma pena mínima em regime aberto. Diante dessa opções quem não falaria.

Aliás, pouco gente sabe, mas a delação premiada foi instituída no Brasil em 1999. O doleiro Alberto Yousseff já usou a delação premiada para escapar da prisão no caso do BANESTADO, em 2000. Escapou de uma pena de 478 anos de prisão e ficou livre.

Hoje a Polícia Federal vai ouvir o "operador do PMDB" Fernando Baiano. Os caciques do PMDB estão em pânico e não é à toa. Aliás, o caso contado no Radar online, da Veja (vide abaixo) é emblemático. O próprio Baiano, amigo pessoal e da família de Paulo Roberto Costa, achava que seria poupado, mas não foi isso que aconteceu. Diante da iminência de passar muitos anos na cadeia é cada um por si e salve-se quem puder.


Reprodução do Radar online
Reprodução do Radar online


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


20/11/2014 14:59
Monumento a Zumbi dos Palmares, no Rio de Janeiro
Monumento a Zumbi dos Palmares, no Rio de Janeiro


Hoje, Dia da Consciência Negra, quando se homenageia Zumbi dos Palmares, como sempre a imprensa repercute o avanço da luta contra o preconceito racial, a realidade dos negros brasileiros. É uma pena que ninguém fale que fui eu o pioneiro no Brasil na instituição da política de cotas raciais nas universidades. Em 2001 criei a política de cotas para a UERJ e UENF (Universidade Estadual do Norte Fluminense). Aliás, aproveito para homenagear todos aqueles que lutam contra o preconceito, e saúdo o nosso companheiro Nayt Júnior, coordenador do Movimento Negro do PR - RJ.


Reprodução da Folha de S. Paulo
Reprodução da Folha de S. Paulo


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


20/11/2014 12:29
Reproduções da Folha de S. Paulo e do Globo online
Reproduções da Folha de S. Paulo e do Globo online


Esses R$ 23 bilhões foram movimentados de forma suspeita, segundo a Polícia Federal e o MPF. Isso representa um terço do orçamento do Estado do Rio de Janeiro este ano. É uma quantia inacreditável. E quanto às contas vazias, ora, tiveram tempo de movimentá-las, e sabiam que a qualquer momento a PF chegaria neles. Uma parte vai aparecer certamente nas delações premiadas.
 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


20/11/2014 11:22
Reprodução da coluna Extra, Extra!
Reprodução da coluna Extra, Extra!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


20/11/2014 09:41
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Agora depois da eleição, o Globo vem mostrar o abandono e as péssimas condições da RJ - 106, que liga Tribobó (São Gonçalo) à Região dos Lagos, sem pedágio. No estado em que a estrada se encontra os motoristas acabam optando pela Via Lagos, mesmo com o pedágio mais caro do Brasil, nos feriados veículo comum paga R$ 16,40 na ida e na volta.

Eu e Rosinha duplicamos o trecho entre Tribobó e Maricá, que infelizmente não tem manutenção. Estava previsto no primeiro governo Cabral seguir a duplicação até Saquarema, e agora depois de 8 anos já era para ter chegado a Araruama e Iguaba Grande, faltaria no máximo o trecho até São Pedro da Aldeia. De São Pedro a Cabo Frio também foi feita a duplicação por Rosinha.

Lamentavelmente Cabral e Pezão não fizeram um quilômetro e a RJ - 106 continua duplicada apenas até Maricá, onde Rosinha concluiu a obra. Na campanha destaquei a importância de retomar a duplicação. Porém, Pezão parece estar mais interessado em beneficiar a concessionária CCR, que cuida da Via Lagos, da Ponte e da Barcas.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


19/11/2014 16:09
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


É impressionante o descaso de Pezão e Beltrame e a despreocupação da imprensa, que não cobra nada. Este ano, mês a mês, só se viu aumentar o número de roubos de rua, pedestres, celulares e ônibus. A curva não pára de crescer. É um problema que vai se agravar neste final de ano porque não há reforço no policiamento, nem preocupação com o problema. Esse caso é igual a uma equação matemática. Quanto menos policiais nas ruas, mais roubos, é elementar. A omissão é total. Estamos perdidos!
 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [8] | |


19/11/2014 13:32
Reprodução da Veja online e do Globo online
Reprodução da Veja online e do Globo online


Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos, mas a tensão em Brasília e no Rio de Janeiro só faz aumentar.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


19/11/2014 11:26
Notas da coluna Panorama Político, do Globo
Notas da coluna Panorama Político, do Globo


Lendo as colunas políticas dos principais jornais observa-se que o mundo político está atarantado com o Petrolão. No desespero para salvar a pele os partidos agora tentam empurrar a responsabilidade pelas indicações dos diretores da PETROBRAS para o colo dos outros. Na hora de indicar disputam a tapa, mas na momento de desgraça é igual àquele ditado "filho bonito todo mundo quer ser pai, já filho feio...".

Aliás, apesar do clima de velório em Brasília sempre tem a turma da gozação que não perde a piada. Dizem que bons advogados de defesa estão sendo mais disputados que Papai Noel. É tanto figurão precisando de um bom advogado, que já tem escritório de peso recusando cliente. E dizem que alguns políticos precavidos já contrataram advogados porque sabem o que vem por aí. Daqui a pouco vai faltar advogado criminalista, vão ter criar o Mais Advogados.


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


19/11/2014 09:42
Reprodução de O Dia online
Reprodução de O Dia online


Na verdade com aditivos a Transcarioca custou R$ 1,9 bilhão. E o asfalto não durou 6 meses. É outra obra que não resiste a uma investigação. É uma grande negociata de Eduardo Paes. Mas aqui no Rio de Janeiro a gente sabe que vai ficar por isso mesmo e ninguém pagará pelos desvios.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


19/11/2014 09:22
Comissão de Ética ignora provas e evidências
Rodrigo Bethlem; abaixo manchete do Globo online
Rodrigo Bethlem; abaixo manchete do Globo online


Por 8 votos a 2, a Comissão de Ética da Câmara considerou que não há nada a ser investigado sobre Rodrigo Bethlem, e que por isso o processo será arquivado. Com isso Bethlem não será cassado, nem perderá os direitos políticos. É mais uma pizza quentinha! Não levaram em consideração a confissão gravada onde Bethlem fala dos desvios de dinheiro de convênios com a Prefeitura do Rio e da conta na Suiça. Também decidiram ignorar o relatório do Tribunal de Contas do Município, que comprovou as ilegalidades e desvios nos convênios firmados pela secretaria de Assistência Social na gestão de Bethlem. Tudo acaba em pizza! A pergunta é até quando?
 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [12] | |


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 ProximoUltimo

Facebook

Twitter

Câmara Federal

Vídeos

Destaques
Busca
Histórico
Links
Todos os Direitos Reservado
Fotos Anthony Garotinho