Visitantes online : 690 quarta-feira, 1 de abril de 2015
31/03/2015 19:11
Eduardo Cunha sendo aplaudido por correligionários na eleição para a presidência da Câmara; abaixo manchete da Folha de S. Paulo online
Eduardo Cunha sendo aplaudido por correligionários na eleição para a presidência da Câmara; abaixo manchete da Folha de S. Paulo online


Eduardo Cunha se elegeu presidente da Câmara prometendo boa vida aos deputados. Já aumentou a verba de gabinete, concedeu o direito a cônjuges de deputados e deputadas terem suas passagens aéreas pagas pela Câmara para ir a Brasília. Agora decidiu criar um super feriadão. A sessão no plenário já foi encerrada, acabo de conferir pela TV Câmara. Deputados trabalharam um dia desta semana, hoje, e só voltam ao batente na próxima terça. E olha que vivemos momento de crise política e econômica, com muitas questões importantes para serem discutidas e votadas. Mas isso fica para depois...

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


31/03/2015 17:36
Ginásio do Maracanãzinho
Ginásio do Maracanãzinho


Aviso aos navegantes: a secretaria da Casa Civil de Pezão está negociando um acordo com a concessionária do Maracanã que é uma bomba. O Maracanãzinho vai passar por uma reforma para a Olimpíada do próximo ano. Mais uma reforma, não custa lembrar que Rosinha começou uma reforma do Maracanã, que foi concluída no início do governo Cabral para o Pan - 2007. Pezão quer que a concessionária banque a reforma do Maracanãzinho e em troca propõe um abatimento mais do que camarada no que terá que ser pago pela concessão do Maracanã por 35 anos.

Vocês devem estar lembrados que mostrei aqui no blog que a concessionária do Maracanã andou pensando em devolver o complexo ao Estado alegando prejuízo. A proposta de Pezão prevê uma redução do que precisa ser pago muito maior do que o valor da reforma do Maracanãzinho. Podem se preparar que vem negociata por aí.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


31/03/2015 16:22
Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder


Na sexta-feira o Palácio do Planalto confirmou a escolha do ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB - RN) para o ministério do Turismo. Mas não passou de anúncio, a nomeação ainda não saiu. E comenta-se que Dilma vai esperar o PMDB aprovar as medidas de ajuste fiscal para efetivar a nomeação. Ou seja, Henrique Eduardo Alves está "em banho maria" porque o governo não confia nem no PMDB, nem na palavra de Cunha, que apadrinha essa nomeação. Situação deprimente. Aliás, Edinho Silva (PT) anunciado junto com Henrique Eduardo, já tomou posse hoje como ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


31/03/2015 14:58
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Além de arrastões, várias estações da Supervia viraram pontos de venda de drogas. Hoje, o secretário Osório anunciou a criação de um canal de comunicação entre a Supervia e a PM. Se Beltrame não tivesse acabado com o Batalhão Ferroviário da PM em 2008 para reforçar o policiamento da Zona Sul a situação certamente seria outra.


Reprodução do Blog do Garotinho (2009)
Reprodução do Blog do Garotinho (2009)


 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [7] | |


31/03/2015 12:39
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Primeiro teve o documento do presidente nacional do PT convocando a militância, que dizia que o sonho do do PT era como uma "estrela radiante que ilumina e aponta caminhos". Agora vem essa documento da direção petista, com o aval de Lula, que delira ainda mais e diz que "o PT é atacado por suas virtudes". Então o Mensalão e o Petrolão seriam virtudes? O PT está zonzo.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [16] | |


31/03/2015 10:54
Reprodução do G1
Reprodução do G1


Para resolver o problema dos desvios do Bilhete Único, Pezão e seu secretário Osório seguem o modelo de Cabral diante dos escândalos. Cabral criou uma Comissão de Ética que nunca funcionou, foi só marketing, nunca fiscalizou nada. Agora Pezão e Osório criam mais um órgão, a Controladoria do Bilhete Único Estadual, que supostamente irá fiscalizar o consórcio RioCard. Alguém acredita? Acho que ninguém. O Tribunal de Contas não caiu nessa conversa fiada. Ontem o presidente do TCE - RJ, Jonas Lopes de Carvalho afirmou que continua esperando do governo estadual toda a documentação do Bilhete Único. É isso aí, tem que abrir essa caixa-preta. Essa enrolação de Pezão e Osório é para tentar escapar do controle de TCE, mas não vai adiantar.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


31/03/2015 09:45
Reprodução da Veja online
Reprodução da Veja online


Ridícula a entrevista de Eduardo Paes à Veja. Agora reclama de Dilma, diz que "só marketing não resolve". É aquela velha história de "faça o que eu digo, não faça o que eu faço". Mais que o governo Dilma, as gestões do PMDB no Rio de Janeiro, Cabral, Pezão e Paes, usam e abusam do marketing, vivem de enganações e propagandas enganosas. Mas o melhor é Paes dizer que "a Olimpíada vai projetar a imagem de um Brasil sério, honesto e eficiente". Só pode estar gozando da nossa cara. Espero que a Olimpíada seja um sucesso, mas os preparativos aqui no Rio são repletos de negociatas imobiliárias, obras superfaturadas, falta de planejamento e improviso.

Paes quer ser candidato a presidente pelo PMDB. Aproveita a crise do partido com o PT e o governo para tentar aparecer como pré-candidato. Paes se precipita ao deixar explícito que vai trair Dilma a qualquer momento, já começou a preparar o terreno.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


31/03/2015 08:41
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


A família Grael é famosa mundialmente por suas conquistas nas competições de Vela. Tem um instituto que promove inclusão social através da Vela. Pezão queria dar R$ 20 milhões sem licitação, para o instituto instalar ecobarreiras na Baía de Guanabara para evitar a chegada de lixo à área onde serão disputadas as provas olímpicas de Vela. Mas a família Grael se reuniu e decidiu não aceitar por falta de licitação e por não querer ter seu nome prejudicado por envolvimento com o governo Pezão. E outra coisa com certeza pesou na decisão, todos sabem que Pezão não dinheiro está atrasando em até 9 meses os repasses de convênios.

Mas agora vejam a mágica do governo Pezão. O projeto das ecobarreiras liberaria R$ 20 milhões para o instituto da família Grael. Com a recusa o secretário do Ambiente, André Corrêa anunciou ontem que fará licitação de R$ 31 milhões pelo mesmo projeto, pelos mesmos 18 meses. Como isso é possível?

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [2] | |


31/03/2015 08:02
Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder


Hoje tem a manifestação da CUT e do PT "em defesa da democracia", que na verdade é para defender a Presidente Dilma. E Lula confirmou que vai estar à frente dos companheiros. Só espero que desta vez não tenha "recrutamento de militantes" pagando R$ 50 ou até R$ 80 com direito a lanche para balançarem bandeiras do PT e da CUT.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [13] | |


30/03/2015 19:00
Reprodução do Estadão online
Reprodução do Estadão online


Mais uma vez o vice-presidente Michel Temer atua como bombeiro para apagar o fogo de Eduardo Cunha. Na verdade, aproveitando a frase de Cunha "A gente (PMDB) finge que está no governo". Na verdade Cunha finge é que não é governo quando lhe interessa, finge que o PMDB não tem o vice-presidente da República, finge que não tem seis ministérios. Aliás, Temer aproveitou para cobrar participação maior do PMDB no governo. Aliás, Cunha já foi muito ligado a Temer, mas nos últimos tempos tenta enfraquece-lo dentro do PMDB. Nessa empreitada tem o apoio da turma de Cabral, Paes e Pezão.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [8] | |


30/03/2015 16:34
Reprodução do portal G1
Reprodução do portal G1


Vejam vocês que Beltrame, sete anos após a implantação das UPPs, tem o desplante de tentar convencer as pessoas que até agora era só a primeira fase da pacificação, que ele decretou como estando se encerrando, como ele disse "o fim do início da UPP. E que agora vem a "fase da solidez" com investimentos em logística. É mais uma conversa fiada para desviar a atenção dos tiroteios constantes e dos ataques às UPPs. Mas claro que mais uma vez a imprensa não questionou o secretário. É lastimável!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [9] | |


30/03/2015 14:54
Reprodução do site Carta Maior
Reprodução do site Carta Maior


Vale a pena lerem essa matéria publicada no site Carta Maior, que mostra como Eduardo Cunha defende os interesses dos planos de saúde e relaciona as suas artimanhas. Vale lembrar que Cunha se recusou a instalar a CPI dos Planos de Saúde e recebeu doação eleitoral do Bradesco Saúde.


Clique aqui e leia a matéria na íntegra

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [11] | |


30/03/2015 13:40
Reproduções do Extra online
Reproduções do Extra online


Se na cidade do Rio de Janeiro todos os conjuntos do Minha Casa, Minha Vida já estão nas mãos do tráfico ou das milícias, no Grande Rio está havendo uma guerra para dominar mais condomínios na Baixada Fluminense e em São Gonçalo. Os tiroteios e confrontos infernizam a vida dos moradores, mas a polícia não aparece, está deixando a guerra rolar. Enquanto isso nas comunidades com UPP os bandidos continuam impondo o seu terror atirando em policiais, inclusive com disputa entre facções como aconteceu na Mangueira. Pezão e Beltrame fingem que está tudo bem, enquanto a violência explode em todo o estado, porque no interior a situação se agrava a cada dia.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [4] | |


30/03/2015 11:51
Reprodução da Época online; abaixo reprodução da coluna Panorama Político, do Globo e ao lado, Lindbergh Farias
Reprodução da Época online; abaixo reprodução da coluna Panorama Político, do Globo e ao lado, Lindbergh Farias


O senador Lindbergh Farias pelo menos é sincero. Discorda das medidas do ajuste fiscal, mas admite que vai votar a favor delas. Mas nem todos os senadores petistas seguem a mesma "lógica" ilógica de Lindbergh. Marta Suplicy já pulou fora do barco do PT, está a caminho do PSB. O senador Paulo Paim (PT - RS), que aparece na imagem do alto, já disse que prefere ir para casa a votar a favor de medidas que vão penalizar os trabalhadores. Admite sair do PT. E outros dois senadores, Delcídio do Amaral (MS) e Walter Pinheiro (BA) também andam descontentes e podem deixar o partido. O PT pode sangrar no Senado.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [9] | |


30/03/2015 10:59
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Onde Cunha vai, a vaia vai atrás. Tá virando rotina Eduardo Cunha ser vaiado. Mas sem dúvida a "pérola" do final de semana foi a frase do Cunha "A gente (PMDB) finge que está no governo e eles (PT) também". É uma ode ao cinismo político.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [8] | |


30/03/2015 10:10
Reprodução do Globo online
Reprodução do Globo online


Pelo menos 18 obras foram paralisadas como mostra o Globo. Entre elas a reforma dos hospitais de Bonsucesso e do Andaraí, além do segundo trecho do Arco Metropolitano. Isso são obras que foram paradas. Mas além disso várias intervenções do PAC estão repasses atrasados. O Rio de Janeiro é quem sofre mais hoje. Além dos cortes no Orçamento da União, o Estado do Rio de Janeiro enfrenta a pior crise financeira de sua história, fruto da irresponsabilidade de Cabral e Pezão. Somando dois mais dois o resultado é uma tragédia para o nosso estado. Aliás, Pezão contava com ajuda federal para contrabalançar os problemas financeiros do Estado, mas pelo jeito está difícil.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [3] | |


30/03/2015 09:02
Cenário de incerteza leva fábrica de medicamentos para São Paulo
Reprodução da coluna de Ricardo Boechat, da revista IstoÉ
Reprodução da coluna de Ricardo Boechat, da revista IstoÉ


Essa é mais uma face da maior crise financeira da história do Rio de Janeiro. Apesar da crise econômica nacional o laboratório Bionovis não desistiu de investir R$ 739 milhões na construção de uma fábrica de medicamento de alta complexidade para o tratamento de câncer. Mas diante do caos financeiro do Rio de Janeiro, das incertezas e da falta de credibilidade do governo Pezão no cumprimento de acordos, o laboratório Bionovis preferiu trocar o nosso estado por São Paulo, vai se instalar em Valinhos, no interior paulista. Perdemos um investimento importante e mais vagas de emprego. Essa história do terreno não ter agradado foi apenas desculpa da empresa, até porquê todo mundo sabe que se fosse essa a situação o Estado ofereceria outro terreno, mas o laboratório nem se interessou. E o pior é que outras empresas também estão desistindo de se instalar no Rio de Janeiro.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [6] | |


30/03/2015 08:21
Reproduções da Folha de S. Paulo e do Diário do Poder
Reproduções da Folha de S. Paulo e do Diário do Poder


Já estava previamente marcado para amanhã (terça) o comparecimento do ministro da Fazenda, Joaquim Levy à Comissão de Assuntos Econômicos do Senado para esclarecer as medidas do ajuste fiscal e responder questionamentos dos senadores. Se antes já seria bombardeado podem imaginar agora depois da declaração infeliz, que pareceu um desabafo. Senadores petistas e de oposição vão voar no pescoço de Levy, que segundo a versão oficial pelo menos escapou de uma bronca direta da Presidente Dilma, teria sido o ministro Mercadante quem passou o recado sobre a insatisfação dela com a declaração que só serviu para complicar ainda mais o já conturbado cenário do ajuste fiscal.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [5] | |


29/03/2015 11:51
Reprodução da capa do jornal O Dia
Reprodução da capa do jornal O Dia


Vou refrescar aqui a memória dos leitores do blog. Cabral quando assumiu dizia que as favelas "eram fábricas de marginais", anunciou a construção de muros para impedir a expansão das comunidades. Paes logo depois da eleição, em novembro de 2008, também anunciou a remoção de favelas e a derrubada de milhares de casas nos morros. Nessa época o "plano de pacificação" ainda não tinha decolado. A primeira UPP, no Dona Marta, foi inaugurada em dezembro de 2008. Muitos podem ter esquecido, mas nessa época Beltrame tinha convencido Cabral que as milícias eram uma saída para conter a violência do tráfico. Muita ingenuidade e incompetência. Só que Cabral se encantou com a milícia Liga da Justiça, do deputado Natalino e seu irmão, o vereador Natalino, que eram seus aliados em Campo Grande e criaram um curral eleitoral na base da intimidação e do terror. A partir daí as milícias foram "abençoadas" por Cabral, Paes e o PMDB.

Essa é a explicação para o crescimento absurdo das favelas dominadas pelas milícias. O jornal O DIA mostra hoje, que na área da Praça Seca, que é dominada pela milícia de Cristiano Girão (atualmente preso), que era aliado político de Rodrigo Bethlem, em apenas oito anos o número de moradores subiu de 6 mil para 13 mil. Com isso as milícias faturam mais com venda de gás, transporte alternativo, gatonet e "segurança". A verdade é que Beltrame finge que combate as milícias, que deitam e rolam, e em troca garantem votos para o PMDB ameaçando moradores.

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [16] | |


29/03/2015 09:42
Reprodução do site da CUT
Reprodução do site da CUT


Na terça-feira, 31 de março, a CUT e o PT voltam às ruas, e já programaram outra manifestação para o dia 7 de abril. No dia 12 de abril será a vez da oposição fazer novo protesto contra o governo. No dia 30 de abril está marcado protesto contra Eduardo Cunha no Rio e em São Paulo. E depois tem o 1º de maio, dia tradicional de manifestações de trabalhadores. O efeito dessas manifestações e protestos vai agotar o cenário político. Podem se preparar!

 |   Compartilhar no Twitter  |    Comente [17] | |


PrimeiroAnterior1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 ProximoUltimo

Facebook


Twitter


Vídeos

Busca
Histórico
Links
Todos os Direitos Reservado
Fotos Anthony Garotinho